Percepções do Atlântico – antropologia estética, produção de conhecimento e antirracismo

 

 

Por Goli Guerreiro

“O centro do mundo está em todo lugar;

o mundo é o que se vê de onde se está” (Milton Santos).

 

O artigo discute produção de conhecimento no campo da antropologia estética, através da noção de terceira diáspora, apresentado como uma estratégia de posicionamento frente às questões estruturais do racismo. Ao discutir a atualização das trocas culturais entre mundos negros, a partir de um repertório contra-hegemônico, alude ao imaginário como campo de batalha política e existencial.

Leia o artigo: Goli Guerreiro Percepções do Atlântico